A “Garota Exemplar” Rosamund Pike, protagoniza a exibição semanal que a Netflix promete até o final do ano. I Care a Lot é a história de Marla Grayson, uma mulher que consegue o “sonho americano” enganando idosos e o sistema judicial, se transformando em tutora legal de fortunas, num esquema meticuloso. Mas a comédia vira um suspense, quando ela conhece Jennifer Peterson (Diane Wiest), uma senhora rodeada de mistérios perigosos.

Logo no início, é impossível não se familiarizar com o estilo narrativo, literalmente. Lembramos de duas histórias que caíram na graça popular, uma contada por Jordan Belfort em O Lobo de Wall Street (2013), protagonizado por Leonardo DiCaprio e dirigido por Martin Scorsese. E a outra, interpretada pela própria Rosamund Pike em A Garota Exemplar (2014), de David Fincher. Guardadas as comparações, há a mesma manipulação aqui, para criarmos um vínculo afetivo com a “vilã”.

J Blakeson cria um universo onde a personagem Marla exista e não tenha moral para detê-la. A temática não é inovadora, durante a experiência, vamos pegando referências que se assimilam com nossas vivências capitalistas e nos afastando dela, por que vemos que o objetivo será longe de um “Robin Wood”. A vigarice contra o sistema, ainda sim é excitante de torcer, e a interlocutora colabora para manter a atenção.

O tratamento com os papéis secundários não consegue deixar uma superfície firme, para que o enredo seja mais impactante, como se o diretor não tivesse a coragem de levar aquilo numa loucura extrema e cai na humor, mesmo havendo traços sociopatas, psicopatas e máfia como perigo eminente. Peter Dinklage, Eiza González e Dianne Wiest são esquecidos no churrasco e vemos o cinismo da atriz principal em todo tempo de tela, com seu cigarro eletrônico, debochando do espectador que torce contra ela.

O chamariz é bem feito: design de produção elegante, figurinos coloridos e atuações cativantes. Toca em todos os pontos da diversidade de assinantes que a Netflix sabe por seus algoritmos. É uma ótima adição do streaming, mas não seria Marla, a versão má e explícita de Amy Dunne?

Título Original: I Care a Lot

Dir: J Blakeson

Elenco: Rosamund Pike, Dianne Wiest, Eiza González e Peter Dinklage.

Distribuição: Netflix, 2021.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.