Ontem (4), foram anunciados os nomes que concorrem ao prêmio do sindicato de atores de Hollywood – SAG AWARDS. Entre as várias diferenças com as recentes nomeações ao Globo de Ouro, destaca-se a inclusão dos considerados esnobados e o feito histórico de Chadwick Boseman, que foi indicado em 4 categorias numa única edição. A premiação é um termômetro fiel ao Oscar.

Quando pensamos em nomeações póstumas, é impossível não lembrar do Oscar de Melhor Ator Coadjuvante de Heath Ledger, o ator faleceu antes do lançamento de Batman: o cavaleiro das trevas (2008), filme que é considerado uma das melhores adaptações de quadrinhos, e que consagrou sua performance como Coringa. No circuito de premiações até o momento, Chadwick tem sido o nome mais recorrente pelo seus últimos trabalhos e tem grandes chances de chegar no tapete vermelho.

Boseman faleceu ano passado, vítima de um câncer, que só foi descoberto pela mídia e fãs, através da impactante notícia de sua morte. O eterno Pantera Negra do universo cinematográfico da Marvel, deixou um legado inestimável por sua representatividade e missão, mas ainda coube tempo de desempenhar duas atuações primorosas: Stormin’ (Destacamento Blood), um comandante do exercito que morreu na batalha do Vietnã e que, ainda inspira seus colegas aposentados de guerra; e Levee (A Voz suprema do Blues), um trompetista promissor, que age de maneira cínica e destemida para ser reconhecido por sua arte.

O astro foi nomeado individualmente em duas categorias: Melhor Ator por A Voz Suprema do Blues e Melhor Ator Coadjuvante, por seu trabalho em Destacamento Blood. As outras nomeações que o colocam como um recordista, são as duas indicações de Melhor Elenco pelos longas citados anteriormente.

Confira abaixo, os nomeados na seção cinema:

  • MELHOR ELENCO

Destacamento Blood

A Voz Suprema do Blues

Uma Noite em Miami…

Minari

Os 7 de Chicago

  • MELHOR ATOR

Chadwick Boseman – A Voz Suprema do Blues

Riz Ahmed – O Som do Silêncio

Gary Oldman – Mank

Steven Yeun – Minari

Anthony Hopkins – The Father

  • MELHOR ATRIZ

Viola Davis – A Voz Suprema do Blues

Amy Adams – Era Uma Vez um Sonho

Frances McDormand – Nomadland

Vanessa Kirby – Pieces of a Woman

Carey Mulligam – Bela Vingança

  • MELHOR ATOR COAJUVANTE

Chadwick Boseman – Destacamento Blood

Daniel Kaluuya – Judas e o Messias Negro

Jared Leto – Pequenos Vestígios

Sacha Baron Cohen – Os 7 de Chicago

Leslie Odom Jr. – Uma Noite em Miami…

  • MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

Gleen Close – Era Uma vez um Sonho

Olivia Colman – The Father

Maria Bakalova – Borat: Fita de Cinema Seguinte

Youn Yuh-Jung – Minari

Helena Zengel – Relatos do Mundo

Um comentário em “Chadwick Boseman continua fazendo história

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.